Dicas para manter o Treino e a Dieta no Frio do Inverno

Última Atualização 22 de janeiro de 2023 por Gabi Carvalho

Com a chegada das frentes frias e do inverno vem a vontade de ficar vendo filme debaixo das cobertas, tomando um chocolate quente, depois um fondue e nada de exercícios físicos.

O frio, a preguiça e aumento na ingestão de calorias faz muita gente ganhar alguns quilos a mais, assim elaboramos algumas dicas para não fugir da dieta no inverno.

Além disso, as temperaturas mais baixas fazem nossos músculos se contraírem para reter calor, ocasionando uma maior dificuldade de movimentação. Com isso, temos a impressão de que precisamos fazer mais esforço e acabamos nos mexendo menos por preguiça!

Pelo fato do corpo precisar manter o equilíbrio da temperatura corporal, gastamos mais energia do que quando comparado a temperaturas mais quentes. Porém, é importante dizer que nessa época normalmente gastamos menos calorias com atividades físicas, uma vez que o metabolismo basal diminui e aumentamos a ingestão calórica.

No frio o corpo gasta mais energia, principalmente para manter a temperatura e para isso precisa de mais alimento, que vem com o aumento da fome.

Como não podemos ficar famintos o dia todo, o ideal é comer apenas de três em três horas, dessa forma, o estômago não fica vazio, evitando também males como a gastrite. Se tem problemas com a balança, o ideal é incluir na dieta alimentos ricos em água, pois sentimos pouca sede no inverno e hidratar-se bem faz toda a diferença.

Frutas como melancia, melão, laranja, pera, vegetais como brócolis, alface, espinafre, rabanete e tomate não devem ficar de fora do prato porque ajudam a emagrecer e despertam a saciedade.

A primeira coisa é não deixar se de exercitar. No frio, contraímos os músculos para reter calor, e esse enrijecimento provoca uma dificuldade de movimentação.

A impressão de um esforço maior faz, inconscientemente, a gente se mexer menos, gerando a famosa preguiça. É também importante frisar que pelo aumento da ingesta calórica, temos a tendência de aumento do peso, portanto, não abandone os treinos!

Horários pra treinar no frio

 é indicado evitar os períodos com temperatura muito baixa para treinos outdoor. Caso ainda sim esse seja o único horário que tem para treinar, se agasalhe para evitar problemas como hipotermia. Se você puder optar pelos períodos mais quentes, o ideal é treinar quando estiver sol, porque o calor dos raios ajuda a estimular os músculos ao exercício físico.

Tempo seco e hidratação

O tempo seco pode prejudicar o quadro respiratório, principalmente de quem costuma se exercitar ao ar livre. Para evitar esse problema, é importante sempre manter uma boa hidratação com bastante água antes, durante e depois do treino.

Roupa para exercícios no inverno

As roupas aumentam a barreira de isolamento e são o elemento mais importante no desempenho e conforto durante o treino. Contudo, blusas emborrachadas e impermeáveis, como as jaquetas de nylon, devem ser evitadas pois não permitem a transpiração e não absorvem calor, o que aumenta a temperatura corporal e provoca mal-estar.

Outro fator importante é manter as mãos e os pés quentes. Isso porque o frio provoca o desvio do sangue para os tecidos mais expostos. Com isso, caso as extremidades não estejam protegidas, corremos o risco de não mantermos o centro do corpo e os órgãos internos protegidos.

 Risco de lesões no inverno

Não existem evidencias cientificas que comprovem estaticamente essa maior incidência de lesões. Porém, para evitar qualquer tipo de problema, é importante ter uma preparação previa para o exercício físico. O corpo em repouso leva mais tempo para atingir a temperatura ideal para a atividade física, por isso o aquecimento e muito importante.

Aquecimento para atividades físicas no inverno

No inverno, o tempo dedicado ao aquecimento deve ser aumentado. O corpo precisa de um processo mais elaborado e de cuidados adicionais para que o exercício seja feito de forma segura e confortável. Como a transição do repouso para o exercício é um processo lento e ainda mais dificultado durante o frio, o aquecimento requer maiores cuidados sob baixas temperaturas.

Resistindo às tentações do inverno

A estação pede um chocolate quente, mas ele é um pouco calórico, principalmente porque não é só a bebida, junto vem um biscoitinho, um pãozinho e isso nem sempre é uma boa alternativa. Tente trocá-lo por um chá, principalmente aqueles com propriedades antioxidantes, que incluem o chá verde, mate, hibisco, de gengibre, capim limão e outros.

Você pode ingerir a bebida quente acompanhada de bolachas de água e sal, que não engordam muito. Cuidado com as sopas, já que elas podem parecer mais gordinhas do que são, principalmente quando adicionamos macarrão, muito óleo ou mesmo o tradicional queijo no caldo.

Saiba Mais: Conheça o Emagrecedor Natural que Acelera o Metabolismo, Inibe o Apetite e a Elimina Gordura Localizada.

O ideal não é cortar tudo de uma vez, mas ir reduzindo até que já tenha deixado os alimentos mais gordurosos só para ocasiões bem especiais. Isso pode contribuir muito para chegar ao corpo desejado e o mais importante: saudável.

Abuse dos vegetais ricos em vitaminas que além de manter o corpo em forma aumenta a imunidade corporal, evitando resfriados, comuns no inverno.

Aumente a ingestão diária de folhagens de coloração escura como couve, brócolis, agrião, rúcula, espinafre, frutas com grande concentração de vitamina C, D e K, como laranja, kiwi, acerola, abacaxi, goiaba, morango, das oleaginosas como castanhas, nozes e amêndoas, além das tradicionais leguminosas: feijão, soja, lentilha, grão de bico, ervilha, vagem e outras.

Mesmo comendo muita salada, as pessoas ingerem mais calorias com os molhos e por isso é bom evitar aqueles carregados com óleos ou manteiga.

Dê preferência ao vinagre de maçã ou um molho de pimenta com azeite e gengibre, pois tanto a pimenta quanto o gengibre são termogênicos, que ajudam na perda de peso.

Doces e chocolates só devem ser consumidos uma vez por semana ou em ocasiões especiais, o ideal é planejar um dia na semana para comer o que tiver vontade.

Nos demais dias dê preferência para frutas quentes ou assadas, como maçã, banana, abacaxi, coco e outras. Para ficar mais gostosa, polvilhe um pouco de canela, outra termogênica. No mais aproveite a estação e quando puder, faça alguma atividade física.

Saiba Mais: Conheça o Emagrecedor Natural que Acelera o Metabolismo, Inibe o Apetite e a Elimina Gordura Localizada.